21.7 C
Osasco
20 de outubro de 2019
Vampeta - Histórias do Velho Vamp

A malandragem na Copa do Brasil

(foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)

 

A Copa do Brasil sempre rende histórias incríveis. Pelo Corinthians, com Evaristo de Macedo no comando, enfrentei o Treze em Campina Grande, na Paraíba. Formava dupla com o Rincón e na minha frente, tínhamos Ricardinho, Marcelinho, Edílson e Luizão. Atrás, Dida no gol. Um timaço.

Daí, fomos enfrentar o Treze. Depois da janta, o Evaristo passou vídeo da equipe paraibana. Eu comecei a cochilar assistindo aqueles vídeos, pensando na facilidade que seria o jogo. A imagem, para falar a verdade, era muito estranha. Os jogadores estavam bem acima do peso, não conseguiam nem correr direito.

Pois então, acredite: passaram um vídeo errado para o Evaristo  .  O vídeo foi uma produção do Treze ainda, enganaram a gente  . Começou o jogo e o ponta-direita estava cortando o Kléber com muita facilidade, o camisa 10 flutuava no meio de campo… o Kléber até chegou em mim: ”Vamp, que ponta-direita é esse? Não é o do vídeo” . Empatamos em 2 a 2.

Falei para o Evaristo: ”Professor, esses jogadores não são os do vídeo”. Ele, muito brincalhão e tudo, me disse assim: ”Enganaram nós todos”  Isso em 1999!

Já existia esse tipo de malandragem naquele tempo

Posts Relacionados

Índio achou que o dinheiro acabava junto com o talão de cheque

Alessandro Belcorso

”Ajuda de Custo”: Os primeiros dias no profissional do Vitória

Alessandro Belcorso

O dia em que Amaral marcou o ”Apartheid”

Alessandro Belcorso

DEIXE UM COMENTÁRIO