24 C
Osasco
23 de novembro de 2019
Gastronomia Osasco

Alternativas de alimentação saudável em Osasco

Estabelecimentos oferecem opções de alimentos saudáveis e menos industrializados.

 

Nem só de cachorro quente vive quem mora em Osasco. A cidade é conhecida por ter uma avenida repleta de barracas de hot dog e  é considerada pelos moradores como o lugar com o melhor lanche de São Paulo. Mesmo com aparência irresistível, a opção não é tão saudável.

Muitas pessoas vivem na correria da rotina entre trabalho, estudos, casa e filhos, por isso recorrem às comidas rápidas. De início pensam que é só naquele momento e a longo prazo pode se tornar um mal hábito, já que o lanche não sacia a fome por muito tempo e não fornece todas as vitaminas que seu corpo precisa.

A alimentação saudável deve ser parte da rotina de todo indivíduo, seja ele ocupado ou não, para evitar malefícios à saúde, como anemia, colesterol alto, úlcera, carência de nutrientes, diabetes tipo 2 e obesidade.

O colesterol alto, além de ser influenciado pelo histórico familiar, é causado pelo consumo excessivo de álcool e por uma dieta rica em carboidratos e gorduras. Apesar de não ter sintomas específicos, a doença pode entupir vasos sanguíneos e causar infarto. De acordo com a pesquisa realizada pela Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) em 2018, os níveis de colesterol elevado atingem cerca de quatro em dez brasileiros adultos, ou seja, 40% da população.

Alinhada a exercícios físicos, a mudança na alimentação é o primeiro passo para uma vida saudável. A nutricionista Tatiane Vanuchi Pisani disse que o primeiro passo é um planejamento ao organizar com antecedência um cardápio. Isso favorece escolhas mais saudáveis em meio a qualquer rotina e uma boa dica é levar marmitas na bolsa.

Recentemente, estabelecimentos já oferecem alimentos orgânicos sem uso de agrotóxicos e cultivados em locais especiais. Essa opção, apesar de ser mais cara, oferece inúmeros benefícios para a saúde, como valores nutricionais maiores.  Além disso, os agrotóxicos podem causar crises alérgicas e respiratórias, distúrbios hormonais e até câncer, então evitar a ingestão dessas substâncias já é um grande passo.

Outros caminhos bastante aderidos nos últimos anos são o vegetarianismo e o veganismo. O primeiro termo diz respeito a dieta alimentar sem consumo de carne (peixe, carne branca, carne vermelha) e prioriza os alimentos de origem vegetal. Já o veganismo é o estilo de vida que exclui itens de origem animal da alimentação, vestuário e qualquer outro meio, lutando contra a crueldade animal.

São inúmeros pontos positivos dessas dietas, como a diminuição dos níveis de açúcar do sangue, diminuição dos níveis de colesterol e redução das dores da artrite (inflamação no corpo que pode ser associada ao consumo de produtos de origem animal). Mas como ambas são delicadas, segundo a nutricionista Tatiane, os adeptos devem prestar atenção aos déficits nutricionais, minerais (ferro, cálcio..) e vitaminas (B12, D..) porque anemia e osteoporose são bem comuns nesses tipos de dietas.

No geral, a nutricionista dá algumas dicas para ter uma alimentação saudável:

  • Planejamento alimentar;
  • Consumo diário de FLV (frutas, verduras e legumes);
  • Hidratação;
  • Evitar longos períodos em jejum;
  • Evitar alimentos industrializados;
  • Optar por comida caseira.

O morador da zona oeste de São Paulo pode encontrar opções de alimentos mais saudáveis nos seguintes locais:

  • Will Orgânicos: Alternativa online de compras de frutas, legumes, raízes, ovos, laticínios, etc. O delivery sai de Carapicuíba e custa R$10. A região oeste pode desfrutar das compras e pedir para entregar em bairros como: Alphaville, Granja Viana, Tamboré, Aldeia da Serra, Osasco, Carapicuíba, Barueri, Jandira, Itapevi, Cotia e Santana de Parnaíba.
  • Empório Vegan’Oz: Oferece produtos livres de leite, ovos, de origem animal, produtos orgânicos, sem açúcar e sem glúten. Endereço: Rua Aurora Soares Barbosa, 63, Osasco (em frente a prefeitura). Horário de funcionamento: Segunda a sexta das 9h às 18h/Sábados das 10h às 15h.
  • Restaurante Flor de Liz: Self service de comida vegetariana e vegana. Os alimentos são etiquetados para evitar erros. Preço que cabe no bolso e com cardápio variado, como o prato de estrogonofe de soja. Endereço: Praça Duque de Caxias, 161, Osasco. Horário de funcionamento: Segunda a sábado até às 15h (verifique o funcionamento em feriados). 
  • Restaurante Limão Chu: Comida vegetariana com opção de buffet. Endereço: Rua Dante Batiston, 99, Osasco. Horário de Funcionamento: Segunda a sábado das 11h30 às 15h (verifique o funcionamento em feriados). 

 

 

Posts Relacionados

‘Cerca eletrônica’ reforça segurança em Osasco com novas câmeras e softwares inteligentes

Redação

Meio Ambiente realiza Eco Ação no sábado e domingo, 21 e 22/9

Alessandro Belcorso

Cultura entrega certificados do “Programa Nossa História”

Redação

DEIXE UM COMENTÁRIO