18.9 C
Osasco
27 de junho de 2019
Cidades Cultura Curiosidades Variedades

Constelação Familiar com Crianças e Adolescentes

Muitas crianças e adolescentes tem causado inúmeras preocupações para as famílias, para as escolas, para a sociedade, para as empresas, seja através de comportamentos inadequados, sentimentos autodestrutivos, pensamentos fixados no mundo virtual, sem medo do que virá, sem objetivos para o futuro, algo preocupante.

Esse é o momento da família se unir para buscar as soluções mais adequadas, começando por entender as razões de todos esses desajustes.

O psicoterapeuta alemão Bert Hellinger estudou durante anos, e nos trouxe a valiosa Constelação Sistêmica Familiar, existente já há quase 30 anos e que agora ganha um lugar de destaque, para compreender, recuperar, fazer, reparar muito do que se perdeu nas famílias, e possibilitar uma reconexão à fonte para uma vida mais equilibrada, feliz e saudável.

Tudo o que acontece numa família é em nome do amor, visto por uma lente esfumaçada e praticada de maneira equivocada. Bert Hellinger chama “As Ordens do Amor” em que descreve 3 princípios ou leis que quando violados, causam desequilíbrio no sistema familiar sendo eles: Ordem ou Hierarquia, o Pertencimento e o Equilíbrio.

1) A Ordem ou Hierarquia descreve que todos têm um lugar no sistema familiar, e é determinado por quem vem antes. Quando essa ordem é mudada, acontece o que é chamado de emaranhamento.

2) O Pertencimento é um direito que todos de um sistema familiar possui. Quando uma pessoa é excluída, abandonada ou esquecida, acarreta desequilíbrio negativo que atingirá as futuras gerações.

3) O Equilíbrio refere-se a troca, para que haja relacionamento equilibrado as pessoas precisam dar e receber, dar e tomar de forma igual. Na medida em que uma pessoa faz mais pela outra, não há como se manter em equilíbrio tal relação.

As crianças e os adolescentes no sistema familiar carregam o fardo dos equívocos de seus pais, tios, avós, bisavós, etc. Querem salvá-los, copiá-los, morrer por eles, mas isso não é possível e as consequências são: suicídios, medos, doenças físicas, emocionais, mentais e espirituais, comportamentos agressivos, síndromes, transtornos diversos e a repetição de tudo que aconteceu no passado.

A Constelação Sistêmica Familiar auxilia na compreensão, na conscientização e na solução dos emaranhamentos que acarretam a infelicidade dos pequenos e pode  possibilitar uma vida mais equilibrada, feliz e saudável.

Carmen Mírio é Psicoterapeuta, Consteladora Sistêmica Familiar e Empresarial, palestrante e autora do livro Regressão para Crianças. Ministra cursos de formação em Psicoterapia Reencarnacionista e Regressão Terapêutica, Crianças do século 21 – para pais, professores, terapeutas. Terapeuta Floral. Pós-graduanda em Pedagogia Hellinger. Associada colaboradora na área da Medicina Integrativa, onde também atua no trabalho com as crianças e nos estudos da psiquiatria, na Pineal Mind. Site www.carmenmirio.com.br

Créditos das fotos: Carmen Mírio – Crédito Divulgação CM

 

Posts Relacionados

Sanda de Osasco participa do Campeonato Paulista de Kung Fu

Alessandro Belcorso

Prefeitura aumenta valor da multa para proprietários de imóveis que não ligam esgoto à rede pública

Alessandro Belcorso

Câmara de Municipal mantém veto do Prefeito a emendas na LDO

Jefferson Rolemberg Dias

DEIXE UM COMENTÁRIO