18.9 C
Osasco
27 de junho de 2019
Cinema e TV Francisco Rossi Junior - Arte das Telas

Com John Wick: Parabellum Keanu Reeves faz a melhor trilogia da carreira dele.

 

Sim, você leu direito, John Wick, a história do “cara que matou três homens em um bar com um mísero lápis” é a melhor trilogia da carreira do ator Keanu Reeves.

Pelo menos até o momento, pois já foi anunciado um quarto filme da saga que deve chegar aos cinemas em 2021. Isso mesmo, a trilogia que começou em 2014 com “De Volta ao Jogo” e teve a sua segunda parte em 2017 com “John Wick: Um Novo Dia Para Matar”, supera, como trilogia, a história de Neo, em Matrix. Claro que como filme isolado o primeiro “Matrix”, de 1999, é um clássico e está entre os maiores filmes de todos os tempos. Mas perde a força em sua sequência nos filmes “Matrix Reloaded” e “Matrix Revoutions”, ambos de 2003. Ao contrário da história de John Wick que nos 3 filmes mantém o padrão.

Lembrando que “Matrix” (1999) é um marco revolucionário na história do cinema. Tanto em seu conteúdo estético como no roteiro. O filme, que concorreu e venceu 4 Oscars, foi responsável pela popularização de um efeito chamado “Bullet time” no qual a percepção aumentada de certos personagens é representada permitindo que a ação dentro de um tiro progrida em câmera lenta enquanto o ponto de vista da câmera parece se mover pela cena em velocidade normal. E em relação ao roteiro O filme contém numerosas referências a idéias filosóficas e religiosas, e homenageia textos como a Alegoria da Caverna de Platão, Simulacros e Simulação de Jean Baudrillard e Alice no País das Maravilhas de Lewis Carroll. Já os filmes subseqüentes “Matrix Reloaded” e “Matrix Revolutions” (2003), embora tenham suas qualidades, principalmente as cenas de ação de Reloaded, não mantém o mesmo nível do filme original, pelo menos na opinião deste colunista. De forma geral podemos dizer que o filme de 1999 é uma obra-prima, um clássico, o segundo um ótimo filme e o terceiro apenas regular.

Só para recordar aos que já assistiram ou apresentar aos ainda não iniciados na história, “John Wick: De Volta ao Jogo” (2014) é a história de um assassino aposentado, que acabou de perder a esposa, vítima de uma doença terminal, que volta a ação após ter o seu cachorrinho morto e o seu carro roubado. O importante a salientar aqui é que Wick deixou a vida de assassinatos justamente pela esposa e o cachorrinho, foi um presente dela e a última ligação entre os dois. Embora não tão importante quanto “Matrix” este filme também tem a sua importância nos longas de ação, já que os diretores Chad Stahelski e David Leitch, basearam as cenas de ação nos animes e filmes de artes marciais, dos quais os 2 são fãs. Além da homenagem a diretores como: John Woo, Jean-Pierre Melville e John Boorman. Alias, Leitch, que oficialmente não foi creditado como diretor, foi dublê de Keanu Reeves nos 2 últimos filmes da trilogia Matrix, começando aí uma grande amizade que resultou na realização do longa de 2014.

No segundo filme “John Wick: Um Novo Dia Para Matar” (2017), Wick é obrigado a voltar à ação quando um poderoso mafioso o obriga a pagar uma dívida. Mas tudo não passa de uma armação e o personagem é vítima de uma traição e acaba sendo perseguido por assassinos durante todo o filme. Já o terceiro, “John Wick: Parabellum” (2019) se inicia no exato momento em que o segundo termina e mostra a saga de Wick tentando fugir de seus perseguidores ao mesmo tempo em que busca a redenção dentro da organização.

Outro detalhe importante é que toda a história, desde o início em “De Volta ao Jogo” até o desfecho de “Parabellum” ocorre tudo em um prazo de entre 1 semana, 10 dias, mais ou menos. Ou seja, é tudo muito rápido e frenético, mas de uma forma agradável. As cenas de lutas são o ponto alto da trilogia.

Para quem quiser ir ao cinema assistir “Johh Wick: Parabellum” eu aconselho que assistam os 2 primeiros filmes da saga. O primeiro “De Volta ao Jogo” está na Netflix, já o segundo: “John Wick: Um Novo Dia Para Matar” se encontra no aplicativo Amazon Prime Vídeo. Depois é só ir ao cinema, comprar a pipoca e se divertir. Bom filme!

Posts Relacionados

Cinema – Capitã Marvel é a maior estreia da semana

Alessandro Belcorso

8ª Temporada de Game Of Thrones começa no próximo domingo

Jefferson Rolemberg Dias

10 filmes com ótimos finais surpreendentes

Alessandro Belcorso

DEIXE UM COMENTÁRIO