27 C
Osasco
20 de setembro de 2019
Opinião Vampeta - Histórias do Velho Vamp

Histórias do Velho Vamp: Clodoaldo ria só de pensar que jogava no Corinthians

Clodoaldo (de costas), Lulinha, Everton Santos e Vampeta durante treino no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS). Foto: Marcelo Ferrelli/Gazeta Press

Em 2007, Clodoaldo foi contratado do Criciúma para resolver os problemas do ataque do Corinthians, que era um dos piores do Campeonato Brasileiro. O time não ganhava de ninguém e estávamos no caminho do rebaixamento. Naquele elenco, ainda tínhamos na frente Finazzi, Dentinho, Lulinha e o paraguaio Arce.

Eu concentrava com o Clodoaldo e sempre gostei de fazer caça-palavras nas concentrações, né. Um dia, fiz o nível muito fácil e o ClodoEto’o do meu lado começou a dar risada, deu um ataque de riso nele.

”Ô, Clodoaldo. Você está dando risada por que estou fazendo o caça-palavras nível super fácil?”. Ele respondeu assim: ”Não, estou dando risada porque não acredito que estou do teu lado, concentrando no mesmo quarto que você, ganhando 80 mil reais por mês e com um contrato de 5 anos. Um ano atrás eu era zagueiro, fui contratado para ser centroavante e resolver os problemas. Nós vamos cair, Vampeta” (risos).

Comecei a dar risada também e ele ainda disse: ”Ah, e ainda tem mais: Acabei de comprar um apartamento aonde você mora” (risos). Boa sorte para quem contratou o Clodoaldo (risos).

Posts Relacionados

O primeiro Hostel cápsula da Espanha com diárias a partir de € 24,95

Néo Correia

Na semana da Mulher, Marvel chega com primeiro filme solo de uma de suas personagens femininas mais fortes

Francisco Rossi Jr.

Índio achou que o dinheiro acabava junto com o talão de cheque

Alessandro Belcorso

DEIXE UM COMENTÁRIO