20.6 C
Osasco
29 de março de 2020
Esporte Osasco

Vôlei Osasco-Audax é derrotado pelo Dentil/Praia Clube na Superliga

O Vôlei Osasco-Audax foi a Minas Gerais e acabou superado pelo Dentil/Praia Clube. A equipe de Uberlândia, vice-líder da Superliga Cimed, ganhou por 3 sets a 1, com parciais de 25/23, 25/16, 25/27 e 25/16, na noite desta terça-feira (26), na Arena Praia. Agora, a Walewska, Hooker, Mari Paraíba, Camila Brait e cia. só voltam à quadra pela competição nacional após o Carnaval, quando enfrentam o Curitiba Vôlei na sexta-feira (8/3), no ginásio José Liberatti.

 

|Foto: Praia Clube / DivulgaçãoEquipe de Hooker, Walewska, Mari Paraíba, Camila Brait e cia. não conseguiu passar pelo vice-líder da Superliga Cimed, que ganhou por 3 sets a 1

 

Para a oposta Hooker, não era dia de Osasco. “Nosso time entrou em quadra confiante após a boa vitória no clássico contra o Sesc-RJ (3 sets a 2) na semana passada. Porém, as coisas não deram certo aqui em Uberlândia. Não conseguimos colocar em prática nosso plano tático e falhamos em vários momentos. Mérito também do Praia, que tem uma equipe forte e também soube aproveitar o fator casa. Agora é erguer a cabeça e trabalhar visando a próxima rodada”, disse a norte-americana.

 

O jogo – Como esperado, Osasco e Praia Clube fizeram um primeiro set equilibrado. As visitantes assumiram a ponta do placar e chegaram a abrir 17/14. Contudo, as donas da casa empataram no 20/20. Angela Leyva explorou o bloqueio para colocar o Audax novamente na frente no 22/21. A parcial seguiu lá e cá e, apesar de chegar ao 23/21, a equipe osasquense falhou nos momentos decisivos e viu o time de Uberlândia virar e fechar em 25/23.

 

Osasco voltou melhor para o segundo set e abriu 5/2. Contudo, as mineiras novamente equilibraram e, desta vez, comandaram o placar. Quando o Praia fez 14/11, Luizomar pediu tempo. O time não reagiu, apresentando problemas no passe. O treinador tentou alternativas como a entrada de Kika, Natasha e Paula Pequeno. Mas não deu o resultado esperado. As donas da casa seguiram na frente até fechar com um tranquilo 25/16.

 

A coisa não começou bem no terceiro set e Luizomar precisou parar o jogo quando o adversário fez 6/2. Desta vez, deu resultado. Osasco reagiu e encostou (6/7). Então, foi a vez do Praia pedir tempo. A virada veio no 8/7 após erro no rodízio das mineiras. A partir daí, o jogo seguiu equilibrado. Com bloqueio de Hooker e Wal, o Audax conseguiu novo empate no 18/18. Após ace de Leyva, voltou à frente (19/18). Mari também fez seu ponto de saque e manteve seu time na frente (23/22). Osasco chegou ao set point no 24/23 e, na base da garra, conseguiu vencer por 27/25.

 

Osasco correu atrás do Praia no quarto set. As donas da casa chegaram a fazer 5/1. Mas as visitantes reagiram e encostaram no placar até o 9/10, quando as mineiras voltaram a abrir vantagem (15/10). As comandadas de Luizomar seguiram lutando, mas os problemas de recepção voltaram a atrapalhar, justamente em uma partida na qual o saque do Praia foi eficiente. Com isso, Osasco não conseguiu repetir a reação da parcial anterior e acabou superado pelo Dentil, que ganhou por 25/16.

 

O Vôlei Osasco-Audax entrou em quadra com Claudinha (3), Hooker (12), Walewska (8), Nati Martins (1), Mari Paraíba (11), Angela Leyva (15) e a líbero Camila Brait. Entraram: Carol Albuquerque, Lorenne (3), Kika, Paula Pequeno, Natasha (5). Técnico: Luizomar de Moura.

 

O Dentil/Praia Clube entrou em quadra com Carli Lloyd (4), Fawcett (25), Fe Garay (17), Fabiana (15), Michelle (7), Carol (11) e a líbero Suellen. Entraram: Ananda, Paula Borgo, Lais. Técnico: Paulo Coco.

Fonte: Por Esporte

 

Posts Relacionados

Vereadores de Osasco aprovam redução de imposto para empresas de turismo

Redação

Vereador “De Paula” quer profissional para auxiliar pessoas com deficiência

Alessandro Belcorso

Fundo Social inaugura espaço de Corte e Costura

Alessandro Belcorso

DEIXE UM COMENTÁRIO