28.5 C
Osasco
20 de abril de 2019
Vampeta - Histórias do Velho Vamp

Copa São Paulo de 1991 – Eu estava lá

 

Comecei a minha trajetória no Vitória em 88 e disputei minha primeira Copa São Paulo em 91. Lembro que saímos de ônibus da Bahia numa longa jornada de 48 horas e parávamos nas churrascarias para comer nos rodízios (risos).

Pegamos um grupo difícil com Fluminense, Juventus da Mooca e Corinthians. Hoje em dia, tem mais de 100 times jogando mas naquela época disputavam a Copinha apenas os campeões e os vices de cada estado.

Na estreia, vencemos o Fluminense por 2 a 0. Depois, derrotamos o Juventus na Javari por 1 a 0. No terceiro jogo, enfrentamos o Corinthians no Pacaembu e perdemos por 1 a 0. O nosso time era muito bom, tinha eu, Dida, Alex Alves, Júnior e Paulo Isidoro. Todos nomes conhecidos e que construíram carreiras boas no futebol.

Perdemos para o Corinthians e à noite tivemos reunião com o coordenador das categorias de base do Vitória, Nilton Mota. Fomos muito cobrados: ”Vocês estão de brincadeira. Seu Dida, goleirinho apático. Júnior, esse é o seu último ano como júnior, já tem idade de profissional. Vampeta, muito lerdo. Alex Alves, sem criatividade nenhuma”.

E o Paulo Isidoro gostava muito do Roberto Carlos e não se cansava de ouvir as músicas do Rei, né. O Nilton estava lá nos criticando e chegou na vez dele: ”Parabéns, Isidoro! Que bom gosto! Roberto Carlos… Que bom gosto” (risos).

Posts Relacionados

As crenças de Júnior e Luizão na Copa de 2002

Alessandro Belcorso

O comício do pai do Luizão em Rubinéia

Alessandro Belcorso

Vampeta e Ronaldo: a garrafa de vinho do Papa e os travestis

Alessandro Belcorso

DEIXE UM COMENTÁRIO