17.4 C
Osasco
20 de setembro de 2020
Barueri Cidades Economia

Barueri é 1ª em desenvolvimento econômico e a 5ª melhor para se fazer negócios

30

O estudo “Melhores Cidades Para Fazer Negócios”, que analisa o potencial econômico dos municípios com mais de 100 mil habitantes, chegou à sua 5ª edição apontando Barueri no topo de rankings importantes.

 

A cidade ficou em 1º lugar na categoria Desenvolvimento Econômico, avançando oito posições desde o ano passado quando ficou em 9º lugar. A divulgação ocorreu na última quarta-feira (dia 31/10).

 

Além disso, Barueri ocupa a 5ª posição na colocação geral das melhores cidades para se fazer negócios. A cidade manteve a posição conquistada em 2017. O município também ganhou destaque na categoria “Capital Humano”, ocupando a 15ª colocação, figurando, portanto, entre as 20 melhores no setor.

 

“Barueri conta com diversidade econômica, com importância em setores de serviço, educação, logística e industrial. Em relação a produção de negócios, a cidade tem elevado PIB per capta, além de registrar crescimento no PIB municipal (3,78%)”, destaca o relatório formulado pela Urban Systems, empresa de inteligência de mercado responsável pelo estudo, encomendado pela Revista Exame.

 

O relatório frisa, inclusive, o crescimento registrado no município mesmo em momento de desaceleração econômica do país. Tal fenômeno foi impulsionado pelos Microempreendedores Individuais (MEIs), que chegou a 22% no período, e da geração de empregos formais, que chegou a 1% mesmo sofrendo uma redução de 1,5% no número de empresas.

 

Para o secretário de Indústria, Comércio e Trabalho (SICT), Joaldo Macedo Rodrigues – o Magoo – a excelente colocação de Barueri já era esperada, reflexo de um trabalho focado. “É uma premiação merecida em razão de todo trabalho que vem sendo feito. A Secretaria de Indústria, Comércio e Trabalho tem se preocupado bastante em trazer novas empresas para Barueri e recuperar algumas que saíram da cidade em anos anteriores. Para isso, estamos viajando o interior de São Paulo, indo a outros estados também, prospectando e atraindo empresas a Barueri para retomar o desenvolvimento da cidade e colocá-la onde sempre deveria estar”, enfatiza Magoo.

 

Com relação aos MEIs, Magoo lembra que em setembro do ano passado aconteceu a implementação do Via Rápida Empresa (VRE): um programa do governo do estado em parcerias com as prefeituras que visa facilitar e desburocratizar a abertura de empresas na cidade, o que fortaleceu os Microempreendedores Individuais. “Encaramos a questão do MEI com bastante responsabilidade e foco, porque é o médio e o pequeno empresário que fazem o desenvolvimento local. Eles têm o nosso prestígio e o resultado está aí”, diz o secretário.

 

Texto: Aliz Lambiazzi / Fotos: Allisson Roberto / Secom

 

 

 

 

Posts Relacionados

Semana Municipal do Idoso começa na segunda, 1/10

Alessandro Belcorso

Osasco, Carapicuíba, Jandira e Itapevi estão entre os 27 municípios contemplados com Programa Cidade Legal

Redação

Oral Unic Implantes inaugura unidade em Osasco.

Bruno Schwabenland

DEIXE UM COMENTÁRIO