22.3 C
Osasco
19 de fevereiro de 2020
Barueri Cidades Economia

Barueri é 1ª em desenvolvimento econômico e a 5ª melhor para se fazer negócios

30

O estudo “Melhores Cidades Para Fazer Negócios”, que analisa o potencial econômico dos municípios com mais de 100 mil habitantes, chegou à sua 5ª edição apontando Barueri no topo de rankings importantes.

 

A cidade ficou em 1º lugar na categoria Desenvolvimento Econômico, avançando oito posições desde o ano passado quando ficou em 9º lugar. A divulgação ocorreu na última quarta-feira (dia 31/10).

 

Além disso, Barueri ocupa a 5ª posição na colocação geral das melhores cidades para se fazer negócios. A cidade manteve a posição conquistada em 2017. O município também ganhou destaque na categoria “Capital Humano”, ocupando a 15ª colocação, figurando, portanto, entre as 20 melhores no setor.

 

“Barueri conta com diversidade econômica, com importância em setores de serviço, educação, logística e industrial. Em relação a produção de negócios, a cidade tem elevado PIB per capta, além de registrar crescimento no PIB municipal (3,78%)”, destaca o relatório formulado pela Urban Systems, empresa de inteligência de mercado responsável pelo estudo, encomendado pela Revista Exame.

 

O relatório frisa, inclusive, o crescimento registrado no município mesmo em momento de desaceleração econômica do país. Tal fenômeno foi impulsionado pelos Microempreendedores Individuais (MEIs), que chegou a 22% no período, e da geração de empregos formais, que chegou a 1% mesmo sofrendo uma redução de 1,5% no número de empresas.

 

Para o secretário de Indústria, Comércio e Trabalho (SICT), Joaldo Macedo Rodrigues – o Magoo – a excelente colocação de Barueri já era esperada, reflexo de um trabalho focado. “É uma premiação merecida em razão de todo trabalho que vem sendo feito. A Secretaria de Indústria, Comércio e Trabalho tem se preocupado bastante em trazer novas empresas para Barueri e recuperar algumas que saíram da cidade em anos anteriores. Para isso, estamos viajando o interior de São Paulo, indo a outros estados também, prospectando e atraindo empresas a Barueri para retomar o desenvolvimento da cidade e colocá-la onde sempre deveria estar”, enfatiza Magoo.

 

Com relação aos MEIs, Magoo lembra que em setembro do ano passado aconteceu a implementação do Via Rápida Empresa (VRE): um programa do governo do estado em parcerias com as prefeituras que visa facilitar e desburocratizar a abertura de empresas na cidade, o que fortaleceu os Microempreendedores Individuais. “Encaramos a questão do MEI com bastante responsabilidade e foco, porque é o médio e o pequeno empresário que fazem o desenvolvimento local. Eles têm o nosso prestígio e o resultado está aí”, diz o secretário.

 

Texto: Aliz Lambiazzi / Fotos: Allisson Roberto / Secom

 

 

 

 

Posts Relacionados

Prefeitura abre inscrições para oficinas do Sebrae Aqui

Joyce Araújo

Cidade ganhará 81 novos GCMs em dezembro

Alessandro Belcorso

Unifieo comemora aniversário de Osasco com exposição de arte

Alessandro Belcorso

DEIXE UM COMENTÁRIO