13 C
Osasco
20 de julho de 2019
Alfredo Luiz Filho - Futebol Internacional Esporte

Eles ficam ou caem? São os dilemas da profissão!

Vida de técnico não é fácil! Nem no Brasil, nem em qualquer outro canto do mundo. Mundo que, aliás, está desabando na cabeça de Julen Lopetegui, do Real Madrid, e José Mourinho, do Manchester United.

Um tropeço do time espanhol na Liga dos Campeões era tudo o que a imprensa local precisava para pegar no pé de Lopetegui. O que dizer de uma derrota? Bastou o Real Madrid sucumbir diante do CSKA, da Rússia, para os jornais catalães – que diga-se de passagem, têm uma rixa com os jornais madrilenhos – tirarem um sarrinho pedindo a volta de Cristiano Ronaldo. Já os de Madri preferiram cobrar a ineficiência de Benzema, antigo e eterno alvo da imprensa.

O resultado teve um peso ainda maior já que o Real Madrid vinha de uma vexatória derrota frente ao Sevilla, por 3 a 0, pelo Campeonato Espanhol. E o que era uma dor de cabeça para Lopetegui se tornou uma enxaqueca daquelas.

Enxaqueca que já dura desde antes da Copa do Mundo. Afinal, o treinador foi demitido do comando da seleção espanhola às vésperas da estreia da Fúria no Mundial, justamente depois de o Real Madrid anunciá-lo como o substituto de Zidane. A Federação Espanhola se sentiu traída por Lopetegui e o dispensou imediatamente. De uma forma chocante para todos.

Outro que deve ter pesadelos diários é José Mourinho, por enquanto no Manchester United. A pressão em cima do português é gigante. O time faz uma campanha ridícula na Premier League: é somente o décimo colocado e está atrás de equipes bem mais modestas, caso inclusive do Wolverhampton, por exemplo, que acabou de subir de divisão. E já levou duas chacoalhadas, uma do West Ham e outra do Tottenham.

O técnico também parece em rota de colisão com alguns jogadores. O principal deles, o francês Pogba. Depois de um empate dentro do estádio Old Trafford, o meio-campista postou uma mensagem no Instagram onde dava uma clara alfinetada no estilo de jogo do chefe. No dia seguinte, Mourinho cobrou abertamente o jogador na frente das lentes de todas as televisões inglesas. E tirou o posto de segundo capitão do time de Pogba. Ainda assim, o mantém como titular, mas o que mais se fala é que o jogador pode sair na janela de transferências de janeiro. O Barcelona e a Juventus estariam acompanhando a situação.

Na Champions League, a realidade não é muito diferente. O United fez o básico vencendo o Young Boys, da Suíça, mas não passou de um empate sem gols frente ao Valencia, jogando na Inglaterra.

Mourinho, calejado e acostumado à pressão, bate de frente com a imprensa. E quando questionado sobre uma possível demissão, mandou na lata que, caso isso aconteça, ficará mais milionário por conta da multa rescisória e daqui alguns meses estará novamente emprego em outro lugar.

Posts Relacionados

Oeste 0 x 0 Fortaleza – Leão fica no zero, mas está próximo do acesso

Alessandro Belcorso

CATS cai para 6º após ser goleado pelo Atibaia

Alessandro Belcorso

Taboão da Serra 2 x 2 Barretos – Ex-Corinthians e ex-Palmeiras salvam o Taboão

Alessandro Belcorso

DEIXE UM COMENTÁRIO