18.8 C
Osasco
25 de maio de 2019
Barueri Carapicuiba Cidades Cotia Economia Osasco

Dona Nuvem, a sorveteria mais fofa do Brasil, tem oportunidade de negócios para cidades do Oeste Paulista

“Sorvete na nuvem” é sucesso absoluto na loja própria da capital paulista e nas redes sociais. Investimento começa em R$ 190 mil. Duas primeiras franquias serão inauguradas em shoppings da capital paulista no começo de outubro

Sorvete de Chocolate Callebaut 80% cacau, totalmente preto, na nuvem: além de lindo, gourmet!

 As cidades do Oeste Paulista – em especial, Cotia, Osasco, Carapicuíba, Barueri, Taboão da Serra, Embu das Artes e Santana de Parnaíba – são foco de expansão da Dona Nuvem, a sorveteria mais fofa de São Paulo. “Não comercializamos um simples sorvete, vendemos invenções adocicadas, diversão colorida em uma nuvem customizada, de altíssima qualidade e com apelo visual fortíssimo. Quem vai à Dona Nuvem quer consumir um delicioso sorvete, mas, também, deseja tirar uma selfie com sua criação para postar nas redes sociais, porque mais incrível que co-criar seu próprio sorvete é compartilhar o resultado dele com os amigos”, explica Manoel Lima, idealizador da marca.

A Dona Nuvem é assim: criativa, intensa, dinâmica – e muito fofa! Quinzenalmente, são lançados sabores novos – sendo, pelo menos um deles, 100% vegano – o que atrai novos clientes e faz voltar quem já se tornou fiel à marca. O trio responsável pela empresa – Manoel Lima, Joice Cavalcante e Flávio Lobato – é incansável em inovar e sabe que o negócio não pode se render à máxima de que sorveterias são negócios sazonais. “Apostamos em bons lançamentos para o inverno, em promoções e na fidelização do nosso público para não deixar a baixa estação comprometer o nosso desempenho. Deu certo: neste inverno, superamos as expectativas de vendas”, comenta Lima.

A franquia Dona Nuvem: duas primeiras unidades franqueadas serão inauguradas em outubro

A Dona Nuvem opera uma loja própria há um ano, na famosa Rua Augusta, na capital paulista. O sucesso da sorveteria fez com que seus sócios decidissem formatar a franquia – o que foi feito com muito cuidado e o apoio da US Franchising, renomada consultoria brasileira, com 30 anos de experiência em formatação e expansão.

São dois modelos de franquia: a loja, ideal para ruas, shoppings e galerias, exige pontos a partir de 45 m2 e investimento de cerca de R$ 300 mil, já incluindo a taxa de franquia. O modelo Quiosque, indicado para galerias ou shoppings, exige um espaço mínimo de 9 m2 e investimento a partir de R$ 190 mil, também com a taxa de franquia inclusa.

As duas primeiras franquias da marca serão inauguradas na capital paulista em outubro, em datas ainda a ser divulgadas, em shoppings badaladíssimos! Já em reforma, uma dessas lojas será a loja-conceito da marca e terá muitas novidades, que serão divulgadas oportunamente. A segunda loja será um quiosque. “Com esses dois novos pontos de venda, teremos a oportunidade de mostrar aos interessados na marca todas as possibilidades de investimento, porque teremos uma operação de quiosque, uma megaloja, em shopping, e uma loja de rua (que é a que já opera, na Rua Augusta), então, ele poderá conhecer operações reais do nosso negócio. Estamos muito felizes com essa expansão”, completa Lima.

As cidades do Oeste Paulista

Com crescimento surpreendente, as cidades do Oeste Paulista são potenciais para a Dona Nuvem e seu plano de expansão. Shoppings como Tamboré, Taboão, Granja Viana, Osasco Plaza e muitos centros comerciais podem receber unidades franqueadas da Dona Nuvem. “Certamente, há um potencial enorme na região e temos todo o interesse em estar nestas localidades”, enfatiza o franqueador.

O mercado de sorvetes no Brasil

Quem tem algum receio em investir no mercado de sorvetes no Brasil, por acreditar que ele é sazonal, pode desfazer essa impressão negativa. Realmente, há alguns anos, tratava-se de um mercado destinado apenas aos grandes players. Porém, atualmente, com o surgimento de novos tipos de produtos, que vão dos gourmet aos orgânicos e veganos, este mercado cresce ano a ano, com perspectiva de ampliação de 81% até 2020, conforme pesquisa da Mintel, empresa global de inteligência de mercado. “Segundo pesquisa da Associação Brasileira das Indústrias e do Setor de Sorvetes (Abis), o consumo saltou de 686 milhões de litros, em 2003, para 1 bilhão, em 2016, com destaque para 2014, que teve uma alta de consumo de 1,3 bilhão. O país é o 10º maior produtor mundial e o 11º maior consumidor, sendo o Nordeste a região com maior número de vendas”, ilustra Lima.

A Dona Nuvem oferece ao franqueado todo o suporte para abertura de sua unidade franqueada, desde a avaliação do ponto comercial e o projeto arquitetônico até os treinamentos, a transferência de know-how e o suporte operacional completo. Além disso, é uma marca inovadora, que encanta os clientes. “Pretendemos sempre oferecer produtos que façam a diferença na experiência de visita do consumidor, porque queremos ter uma marca duradoura. Para isso, contamos com uma consultoria também em produtos, para não estagnarmos”, informa o franqueador.

SERVIÇOS – Perfil

Marca: Dona Nuvem

Tipo de negócioSorveteria

Ano da fundação: 2017

Início da franquia no Brasil: 2018

Total de unidades no Brasil: 1 própria

Investimento inicial: de R$ 190 mil a R$ 350 mil (com a taxa de franquia inclusa)

Taxa de franquia: de R$ 50 mil

Capital de giro: De R$ 20 mil a R$ 40 mil

Royalties: 5%

Taxa de publicidade: 2%

Área mínima: a partir de 9 m2 (quiosque) e 45 m2 (loja)

Nº de funcionários: mínimo de 3 para início da operação

Faturamento bruto: média de R$ 51 mil (loja) e R$ 40,8 mil (quiosque)

Lucro líquido: 25% loja e 28% quiosque

Prazo de retorno: até 24 meses

Prazo de contrato: 5 anos

Apoio ao franqueado:  Orientação na escolha do ponto comercial; projeto arquitetônico e memorial descritivo da obra; treinamento operacional ao franqueado e equipe; manuais de gestão; consultoria técnica administrativa, financeira e operacional; assessoria de marketing, assessoria de imprensa.

Telefone: (11) 2548.4953

E-mail: [email protected]

Site: www.donanuvem.com.br

fonte: Simone Valente/Em Pauta

Posts Relacionados

Beneficiários do BPC/LOAS devem atualizar ou fazer cadastro no CadÚnico até dezembro

Jefferson Rolemberg Dias

Governador João Dória reafirma compromisso de construir acesso à Rodovia dos Bandeirantes

Alessandro Belcorso

Instituto GPA abre inscrições para curso gratuito de música com vagas no período da tarde

Alessandro Belcorso

DEIXE UM COMENTÁRIO