11.1 C
Osasco
18 de julho de 2019
Alfredo Luiz Filho - Futebol Internacional Esporte

E agora, Guardiola?

O Manchester City tem seu primeiro grande desafio da temporada. E olha que não é nenhum grande jogo, ou clássico, ou mata-mata. Trata-se de suprir a ausência de Kevin De Bruyne.

 

O clube informou que o meia belga ficará afastado dos gramados por pelo menos três meses, depois de sofrer uma lesão no joelho direito durante um dos treinamentos da semana. Menos mal porque o problema poderia ser ainda pior, caso KDB precisasse passar por uma cirurgia. Por isso mesmo ele foi mandado, a pedido de Guardiola, para Barcelona para se consultar com o médico de confiança do treinador espanhol. O mesmo que tratou Gabriel Jesus antes da Copa do Mundo.

Mas como será o City sem De Bruyne? O cara foi peça fundamental na magnífica campanha da temporada passada quando o Manchester City faturou com folga (para não dizer, com os pés nas costas) o título da Premier League.

Dos 38 jogos, ele ficou de fora apenas de um. Dos 37 em que atuou, foi substituído apelas uma vez. Foi o líder de assistências – aquele último passe antes do gol – na temporada, com 16. Além dos oito gols anotados.

Opções não faltam no elenco recheado do City. Resta saber se a engrenagem continuará funcionando perfeitamente com a troca de uma única peça. Trabalho para Guardiola. Além dos que já tinha na temporada passada, casos de Bernardo Silva, Gundogan, David Silva, Fernandinho, Sané e Sterling, o técnico ganhou o argelino Mahrez, que veio do Leicester City, e vai dando rodagem ao garoto Phil Foden, cria da casa.

O primeiro “teste” sem De Bruyne será neste domingo, mas nada que deve complicar a caminhada do City, já que o adversário será o modesto Huddersfield, pela segunda rodada do Campeonato Inglês.

texto  – Alfredo Luiz Filho

Posts Relacionados

Audax fica com o Vice-campeonato no Paris World Games.

Redação

Osasco enfrenta Corinthians em busca da vitória

Alessandro Belcorso

Osasco participou do Campeonato Nacional de Ginástica Artística, em Santos, e voltou pra casa com a PRATA

Alessandro Belcorso

DEIXE UM COMENTÁRIO