18.8 C
Osasco
25 de maio de 2019
Cidades Saúde

‘Dia D’ de vacinação contra sarampo e paralisia infantil (poliomielite) em todo estado de São Paulo

Todas as crianças com idade entre um ano e menores de 5 anos devem receber as doses Foto: Rafael Arbex/Estadão

Todas as crianças com idade entre um ano e menores de 5 anos devem receber as doses, independentemente de sua situação vacinal. A campanha segue até 31 de agosto.

Segundo balanço feito pela Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, com base nos dados informados pelos municípios, mais de 40% das crianças paulistas com idade entre 1 e menores de 5 anos já estão imunizadas contra poliomielite e sarampo.

Foram aplicadas 1.775.984 doses de ambas as vacinas, desde 4 de agosto, quando a campanha começou com ‘Dia D’ extra de vacinação realizado exclusivamente no Estado de São Paulo. Nesse período, 895.773 crianças foram vacinadas contra pólio e 880.211 contra sarampo. A população-alvo prevista na campanha é de 2,2 milhões de crianças paulistas.

É fundamental que os pais ou responsáveis levem aqueles que ainda não foram vacinados aos postos até 31 de agosto, data prevista para encerramento da campanha. A meta é imunizar pelo menos 95% das crianças com idade entre um ano e cinco anos incompletos.

Não há registro de casos de paralisia infantil em SP há 30 anos e, desde 2000, não existem casos autóctones de sarampo no Estado.

Apenas 16% das crianças foram vacinadas contra pólio e sarampo no País

Apenas 16,13% do público-alvo da campanha nacional de vacinação contra paralisia infantil (poliomielite) e 16, 07% contra sarampo foram vacinadas, segundo Ministério da Saúde.

Neste sábado, 18, ocorrerá o ‘Dia D’ de mobilização nacional com mais de 36 mil postos abertos.

A campanha de vacinação contra pólio e sarampo que começou no dia 6 agosto e vai até 31 deste mês, tem o objetivo de imunizar 11 milhões de crianças de um a menores de cinco anos.

Para a poliomielite, as crianças que não tomaram nenhuma dose durante a vida, receberão a Vacina Inativada Poliomielite (VIP). Já os menores de cinco anos que já tiverem tomado uma ou mais doses da vacina, receberão a Vacina Oral Poliomielite (VOP), a gotinha. Em relação ao sarampo, todas as crianças receberão uma dose da vacina Tríplice viral, independente da situação vacinal, desde que não tenham sido vacinadas nos últimos trinta dias.

De acordo com o Ministério da Saúde, até o momento, no Brasil, foram confirmados 6 óbitos por sarampo, sendo 4 óbitos no estado de Roraima (3 em estrangeiros e 1 em brasileiro) e 2 óbitos no estado do Amazonas (brasileiros).

Posts Relacionados

Barueri é 1º lugar em economia no ranking de Smart Cities

Alessandro Belcorso

Primeiro parque da história de Itapevi, vai sair do papel

Alessandro Belcorso

Sanda de Osasco participa do Campeonato Paulista de Kung Fu

Alessandro Belcorso

DEIXE UM COMENTÁRIO